Propaganda… Será mesmo a alma do negócio ???

Novo ano – novo ciclo – novas atitudes…
01/01/2018
Como a Copa do Mundo 2018 pode ajudar na divulgação da sua empresa?
01/06/2018
Show all

Propaganda… Será mesmo a alma do negócio ???

Olá queridos amigos e clientes !

Hoje venho compartilhar com vocês o que penso sobra a propaganda e se realmente é a alma do negócio.

Em primeiro lugar quero que entendam que todos nós em tudo que fazemos estamos de alguma forma nos “vendendo” ou se “oferecendo” no bom sentido é claro. 😉

Quando vamos conquistar nosso primeiro emprego, primeiro relacionamento amoroso, oferecer um serviço, enfim, em tudo basicamente estamos sempre vendendo (oferecendo).

Vamos a definição no dicionário do que é PROPAGANDA

propaganda
substantivo feminino
  1. 1.
    divulgação de uma ideia, crença, religião.
    “trabalho de p. da Igreja católica”
  2. 2.
    ação de exaltar as qualidades para um grande número de pessoas.
    “fazer p. de um candidato”

Partindo do princípio que a propaganda é um ato de exaltar as qualidades, na forma de crença ou ideia, então a propaganda é o ato de demonstrarmos para as pessoas que nossos produtos, serviços, etc. são muito bons, excelentes, diferenciados, e por aí vai… A propaganda é como uma crença muito forte boa ou ruim sobre aquele produto ou serviço a ponto de o dicionário atribuir a forma religiosa (quem conhece algum religioso sabe o quanto eles creem e não aceitam de forma alguma opinião contrária).

Ok, tudo isso está bem definido através do texto acima e já é algo que por instinto todos sabemos, mas como isso é atribuído a “alma” do negócio… Vamos novamente ao dicionário:

Dentre inúmeras definições essa foi a que mais gostei:  – condição primacial; essência.

Com base nessas pequenas informações realmente eu concordo que a “propaganda é a alma do negócio”.

Ai que vem a pergunta que não quer calar. O que você está fazendo para que a propaganda da sua empresa seja acertada e frutífera a ponto de trazer ótimos resultados para sua empresa? Apesar de me utilizar bastante dos meios digitais, o que posso falar a larga escala seria dos meios físicos para a propaganda de sua empresa.

Tenho visto a “corrida” pelos meios digitais nos dias atuais, cada vez mais nos vendem que a solução de todos nossos problemas está em anunciar em um aplicativo ou numa rede social e “plin” nossa empresa vai “chover de clientes”. E na ralidade não é bem isso que estamos vendo ultimamente (aliás de longe que isso não é verdade), os anúncios nos meios digitais são tal qual a anúncios em televisão nas outras décadas (ainda hoje são bastante caros), nos vendem a ilusão que com meros R$ 200,00, R$ 300,00 por mês conseguiremos fazer uma super propaganda e trazer um fluxo muito grande para nossas empresas através dos meios de contato (telefone, whats, e-mail, visitas em nossa loja física, etc.). Não estou em hipótese alguma desvalorizando a mídia digital, pois penso que em algum tempo isso realmente vá acontecer, mas não agora e nem com essa intensidade. Para ter certeza do que estou falando, entre em contato com qualquer agência de publicidade digital e faça um “orçamento” de quanto gastará para ter retorno para a sua empresa, e mais pergunte se ha alguma tipo de garantia (se garantirem é no mínimo duvidoso).

O que quero expor aqui, é que com investimento um tanto baixo, conseguimos sim atingir nosso público alvo, como 95% dos meus clientes são autônomos, MEI’s e ME’s, penso que não disponibilizam em média de R$ 20.000,00 mensal para divulgar a sua empresa nos meios sociais ( e esse é um orçamento mínimo para começar a ter algum resultado efetivo, ok).

Esse foi o meu pensamento relacionado a propaganda e suas definições, também já fiz a “ligação” da propaganda e os gastos de sua empresa, no próximo post falarei sobre as inúmeras forma de fazer a propaganda de sua empresa sem que gaste muito, existem tantas formas surpreendentes que você nem vai acreditar.

Nos vemos na próxima semana, até lá !

Deixe os seus comentários abaixo, não sendo nada ofensivo e nem abusivo prometo não apagar nenhum, até porque não sou o dono da razão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0

Your Cart